comentar
publicado por pedro, em 26.04.05 às 00:00link do post | favorito
ADRIAN BORLAND

ADRIAN BORLAND [ 6.12.1957 - 26.04.1999 ]

(c) Paul Evans 1990




THE SOUND

Silent air ( A. Borland )








Thunder in the air

Before a storm that rips

Anger in my heart

A finger on my lips

You showed me that silence

That haunts this troubled world

You showed me that silence

Can speak louder than words



Words end in disaster

On the rocks, in pieces

I know something lives on there

But I can't say what it is

You showed me that silence

That haunts this troubled world

You showed me that silence

Can speak louder than words






in FROM THE LIONS MOUTH . 1981

Anónimo a 26 de Abril de 2005 às 00:17
Do sol tens a luz do entardecer, do poente que não deixa a noite aproximar-se
de repente e impede a penumbra de tomar de rompante os olhos. Tens a luz
do poente que faz o dia escurecer devagar como se o cair da sombra fosse lento
e suave, um gesto de poesia e não a escuridão brusca a tapar o horizonte antes
cheio de claridade. Contigo, com o teu halo luminoso, sereno, as melancolias são
menos graves, e o que pode haver de trágico perde significado. A dor consola-se.
Contigo a dor consola-se. Esta é a minha tradução aos sentimentos que este poema me expôs...stela
</a>
(mailto:cla@clau.pt)

mais sobre mim
Abril 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
19
20
21
22
23

24
25
28
29
30


links
pesquisar
 
blogs SAPO