Anónimo a 17 de Maio de 2005 às 10:51
Eu lá estarei...vou participar num Workshop inserido no festival e por isso vou fazer tudo para ver a curta!
Obrigado pela sugestao! Clementine
(http://amor-em-part-time.blogspot.com)
(mailto:folha_soltas@hotmail.com)

Anónimo a 17 de Maio de 2005 às 00:54
Tenho pena de não poder ir :) Gostei da tua análise e da bonita frase final sobre o tempo :) Beijo azul, Pedro querido.Carla
(http://papoilasdoces.blogs.sapo.pt/)
(mailto:cferreirapedro@sapo.pt)

Anónimo a 17 de Maio de 2005 às 00:27
CarlaG, já vi vezes sem conta os filmes do João. Afinal, sou eu que faço o trabalho de design que o filme envolve. Mas acredita que não sei que versões vou ver. Porque ele está constantemente em pós-produção, o que não facilita o trabalho. Só para te exemplificar, em relação ao O SERIAL KILLER já tinha um conceito para capa e cartaz, mediante a versão que me tinha mostrado. Fui ver o filme ao festival de Vila do Conde e disse: A capa não tem nada a ver com isto. Porquê? Tinha mudado muito cpouca coisa. Mas foi o suficiente para o conceito , aquele que trabalhei, ter deixado de ser sólido. Dei uma volta de 180º. Acertou-se!Pedro
(http://bauhaus.blogs.sapo.pt)
(mailto:bauhaus@sapo.pt)

Anónimo a 16 de Maio de 2005 às 23:16
Amo cinema. Mesmo. Mas sou versátil.
Gosto tanto do independente, como o mais "comercial" (depende sempre dos filmes ).
Estou em Lisboa:) Não dá para ir. Mas depois, contas como foi;).
A frase conhecida do tempo;) Ele também se questiona :)
*****
carlag
(http://ofilmerevelado.blogspot.com/)
(mailto:revelacoes@gmail.com)