comentar
publicado por pedro, em 18.05.05 às 00:00link do post | favorito
IAN CURTIS

IAN CURTIS [ 15.07.1956 - 18.05.1980 ]




JOY DIVISION
Ceremony ( Ian Curtis )

This is why events unnerve me
Define it all, a different story
Notice whom for wheels are turning
Turn again and turn towards this time
All she ask's the strength to hold me
Then again the same old story
Word will travel, oh so quickly
Travel first and leans towards this time

Oh, I'll break them down, no mercy shown
Heaven knows, it's got to be this time
What she heard, these things she said
The times she cried
Too frail to wake this time

I'll break them down, no mercy shown
Heaven knows, it's got to be this time
Avenues all lined with trees
Picture me and then you start watching

Watching forever, forever
Watching love grow, forever
Letting me know, forever.


in CEREMONY / IN LONELY PLACE. 1981


As duas canções, compostas ainda quando Ian Curtis era vivo, são de uma recolhida melancolia que se vai abrindo devagarinho, acercando-se do desassossego, fascinada pela beleza incrível do seu sofrimento. Nas cordas da viola, na pele do tambor, esses sentimentos, vendo-se de repente já não resguardados e protegidos, dançam condoidamente na luz deslumbrante da sua expressão. É linda a música, são lindas as palavras. Magoam. Mas também excitam. Doem. Mas também ensinam, na sua tímida e ensimesmada maneira, qual a utilidade remota de toda a música: provocar a comunhão de mágoas ou alegrias em seres humanos, que mais sofreriam ou menos gozariam se não pudessem partilhar aquilo que vão sentindo.

MIGUEL ESTEVES CARDOSO in "Escrítica Pop"
excerto do artigo do Jornal Se7e, 18.3.81




N.A.: estas foi uma das duas ultimas músicas criadas por Ian Curtis, com data de Abril de 1980. Oficialmente apenas viria a ser gravada juntamente com IN A LONELY PLACE, já com o actual nome NEW ORDER, em 1981. Existe a divergência a quem se deve a autoria. Se a quem editou ou criou. Para mim, que fica explicito aqui, com toda a CEREMONY.
A gravação aqui ouvida é a do single ( 7" ), a primeira portanto, com a voz de Bernard Summer.
Esta música já foi alvo de várias covers, desde as excelentes de NEW ORDER com IAN MCCULOCH, IKON e de GALAXIE 500 às escabrosas de XIU XIU e dos argentinos ALMANSO. Pelo meio safa-se uma interessante dos THE ECHOING GREEN.

Anónimo a 19 de Maio de 2005 às 00:14
A parte final da letra fez-me sorrir :) Para sempre. Beijo :)Carla
</a>
(mailto:cferreirapedro@sapo.pt)

Anónimo a 18 de Maio de 2005 às 11:24
Forever and ever.

Sorrisos.CARLAG
(http://ofilmerevelado.blogspot.com/)
(mailto:revelacoes@gmail.com)

mais sobre mim
Maio 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
17
20
21

22
23
26
28

29
30
31


links
pesquisar
 
blogs SAPO